Mar azul com montanhas no horizonte e um deque à direita da foto.

Artigos

Caiaque e Canoagem nas Províncias Japonesas

Estes esportes podem ser praticados em diversos e fascinantes cenários no Japão, seja nos lagos cristalinos de Hokkaido ou pelo cenário de florestas de Okinawa

Compartilhe

O território japonês possui mares, rios e lagos perfeitos para a prática esportiva

Dos 55 eventos programados para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, alguns se destacam pela relação direta com a natureza, como a canoagem slalom e de a canoagem de velocidade.

Conheça um pouco mais sobre alguns dos esportes presentes no maior evento esportivo do planeta:

Banner informativo: Caiaque e canoagem nas províncias japonesas. À direita, mar azul com montanhas no horizonte.

Caiaque e Canoagem no Japão

Estes esportes podem ser praticados em diversos e fascinantes cenários no Japão, seja nos lagos cristalinos de Hokkaido ou pelo cenário de florestas de Okinawa.

Onde praticar?

Os locais para a prática de caiaque e canoagem são divididos em três categorias: mares, rios e lagos. Cada um deles tem seu próprio apelo e nível de dificuldade.

A canoagem marítima oferece a oportunidade de visitar ilhas e encontrar vida marinha. Pode parecer um desafio devido às correntes, então participar de um passeio é uma opção segura e viável. As instruções são dadas com antecedência e o(a) aventureiro(a) é levado(a) a uma área conforme o nível de habilidade e direção do vento. São muitas aventuras na extensa costa do Japão.

A canoagem no rio requer técnica em pontos onde as correntes são fortes, mas é a variedade no ritmo que torna a prática divertida - descansar o remo e deixar as correntes levarem o caiaque ou canoa, quando o fluxo estiver estável, permitem que o(a) aventureiro(a) desfrute das emoções ao encontrar corredeiras.

Lago Shikotsu, Província de Hokkaido

O Lago Shikotsu é formado por uma erupção vulcânica há mais de 40.000 anos. Considerado como um parque nacional junto com o Monte Yotei, Lago Toya e o terreno vulcânico ao redor, tem profundidade de 360 ​​metros, o Lago Shikotsu é o segundo lago mais profundo e o lago livre de gelo mais ao norte do Japão.

A prática com caiaque é possível durante todo o ano, pois é um lago sem gelo, com vistas espetaculares a cada temporada - do verão até folhagens de outono às paisagens de neve.

A maior parte da área do Lago Shikotsu é desenvolvida, sendo que ao norte e ao leste do lago existem diversos hotéis de fontes termais - relaxar em um onsen ao ar livre ao lado do lago é uma excelente alternativa (é importante verificar os horários dos banhos termais, caso o(a) aventureiro(a) não se hospede no hotel, mas vale ressaltar que as instalações têm bons pacotes com refeições incluídas).

Do centro da cidade de Sapporo, a cerca de uma hora e meia de carro, é possível encontrar diversas atrações locais e culturais, como o Museu da Cerveja de Sapporo e o Jardim da Cerveja, o Museu de Arte Moderna de Hokkaido, o Parque de Arte de Sapporo e o Susukino, o maior bairro de entretenimento e vida noturna ao norte de Tóquio.

Rio Shimanto, Província de Kochi

O Rio Shimanto é o maior rio da região de Shikoku e foi selecionado como um dos três rios mais límpidos do Japão e uma das 100 regiões inexploradas do país. A visão deste tranquilo riacho cercado de montanhas exuberantes também oferece aos visitantes um vislumbre do estilo de vida pastoral nipônico.

A canoagem e o caiaque são populares no curso médio e inferior do rio, onde as correntes são relativamente suaves. No inverno, é possível alugar roupas adequadas ao clima e, no verão, quando as temperaturas são altas, os canoístas podem mergulhar nas águas cristalinas ou pegar camarão de água doce.

O Rio Shimanto nasce ao sul da cadeia de montanhas de Shikoku, perto da cidade de Tsuno, na parte norte da Província de Kochi. Em Kochi, além da natureza abundante, há uma variedade cultural e gastronômica, como o Museu Marmottan Monet (vilarejo de Kitagawa) ou o Castelo de Kochi, com sua estrutura em madeira; e a culinária local no Mercado de Hirome.

A cidade também recebe o Festival de Verão de Yosakoi (com participação de equipes de dança) - que é finalizado com uma exibição de espetaculares fogos de artifício.

A partir da cidade de Kochi, nas proximidades da cidade de Konan, é possível visitar o Museu do Automóvel de Shikoku, onde estão expostos carros estrangeiros e japoneses dos anos 1960 e 1970.

Ilha de Iriomote, Província de Okinawa

Okinawa, a parte mais ao sul do Japão, é conhecida por seu clima subtropical e cultura única. A Ilha de Iriomote é um local particularmente notável. A ilha possui um ecossistema milenar, habitado por plantas e animais que evoluíram de formas únicas, como o gato selvagem Iriomote, designado Monumento Natural Especial. A ilha inteira faz parte de um parque nacional - é coberta por florestas profundas e uma teia de mais de 40 rios. A área abriga cerca de 70% das florestas de mangue do Japão, o que a torna excelente para a prática de canoagem e caiaque.

Além das expedições de canoa, a Ilha Iriomote oferece uma ampla variedade de passeios, incluindo caminhadas em cavernas de estalactites, caminhadas na selva e mergulho com snorkel em mar límpido. É o lugar perfeito para vivenciar a natureza e o ecoturismo.

A cultura gastronômica da Ilha de Iriomote é centrada em ingredientes locais. Os pratos tradicionais incluem carnes como cabra e javali Ryukyu, juntamente com batatas fritas e pratos de porco assado. Os hóspedes do Hotel Hoshino Resorts Iriomote, no Parque Nacional Iriomote-Ishigaki, podem saborear muitos destes pratos no restaurante da instalação.

 

Confira a nova exposição da JHSP:

'Lounge Esportivo: Tokyo 2020'

Voltar ao topo