Kami (神): a palavra japonesa que remete às divindadaes

Artigos

Kami (神): respeito e admiração à natureza e aos deuses que habitam seus elementos

A palavra kami, que significa "Divindade", traz à tona um peculiar aspecto na cultura japonesa

Compartilhe

Mensagens expressivas e poderosas da língua japonesa

Na exposição DŌ: O caminho de Shoko Kanazawa, cada obra de Shodō, caligrafia japonesa, traz uma mensagem poderosa. Por meio de kanjis, os ideogramas que compõem as palavras e expressões da língua japonesa, a jovem artista Shoko Kanazawa, além de se expressar por meio da arte da caligrafia, dá ao espectador – e ao mundo – um respiro, um momento de contemplação e reflexão a partir de sua escrita.

+ Conheça o processo de trabalho da calígrafa Shoko Kanazawa

Kami (神): respeito e veneração a uma infinidade de deuses que estão presentes na natureza de diversas formas

Um dos pergaminhos da mostra, por exemplo, apresenta a palavra “Divindade” (kami, 神), trazendo à tona um aspecto peculiar na cultura japonesa, que é o respeito e veneração à natureza e aos deuses que habitam cada um dos seus elementos.

Kami (神): a palavra japonesa que remete às divindadaes

No xintoísmo, a palavra kami (神) é utilizada tanto para se referir a um deus como a uma infinidade de deuses que estão presentes na natureza de diversas formas. Para os japoneses, as pedras, árvores, montanhas e demais elementos da natureza são habitados por deuses. Em santuários xintoístas é comum ver cordas trançadas em palha de arroz amarradas em pedras ou árvores, sinalizando a existência de uma divindade naquele local. Além disso, acredita-se também que as pessoas possam se tornar divindades ao falecer, o que explica o costume de se cultuar os antepassados.

+ Leia sobre Kappa, o yokai retratado como uma criatura ameaçadora ou como um ser que ajuda humanos e os protege

Nas palavras de Yasuko Kanazawa, mãe da artista, sobre a obra “Divindade” (神):

É um ser que possui uma força misteriosa capaz de controlar todas as coisas do Universo. Shoko diz que, quando crescer, quer ser a lua crescente. A lua não tem luz própria, mas ela brilha intensamente no céu graças ao sol quente que incide sua luz sobre muitas pessoas. Shoko se tornou uma lua crescente. Se neste exato momento alguém me perguntasse o que eu gostaria de ser, eu responderia que queria ser a ‘lua cheia de agosto’. Seria uma lua cheia límpida que, juntamente com a Lua-crescente-Shoko, contemplaria e iluminaria, do alto e longínquo céu, as mães que esperam crianças com deficiência.”

Percebe-se, assim, que a palavra kami tem um significado amplo e que permeia a cultura japonesa, em sua espiritualidade e conexão com a natureza.

+ Entenda a filosofia de vida por trás da expressão "Ichigo ichie" (一期一会), que pode ser traduzida como "uma vez, um encontro"

Voltar ao topo