Ilustração de shinkansen - o trem-bala japonês.

Artigos

Trem-Bala Japonês: Sinônimo de Pontualidade, Segurança e Eficiência

Considerado um símbolo nacional japonês, conhecer as estações e viajar de shinkansen costuma ter destaque nos roteiros de viagem

Compartilhe

Quando o assunto é viver uma experiência incrível e única no Japão, viajar de shinkansen costuma se destacar em qualquer lista de desejos

É inegável que os japoneses dominaram a arte dos transportes, encontrando no shinkansen o equilíbrio perfeito entre pontualidade, segurança e eficiência. Hoje, considerado um símbolo nacional, os trens de alta velocidade foram uma das novidades apresentadas ao mundo nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio, em 1964.

+ Da Ficção Científica à Realidade: As Tecnologias dos Jogos Olímpicos de 1964

Ligando Tóquio a Osaka, passando por Nagoya e Kyoto, Tokaido foi a primeira rota a ser inaugurada. A linha é a mais movimentada do Japão e já transportou mais de 6.6 bilhões de passageiros desde sua inauguração em 1964. Segundo o relatório anual da Central Japan Railway Company, responsável pela operação do trecho, são 378 partidas por dia, com 458 mil passageiros transportados diariamente.

Hoje, a viagem entre Tóquio e a estação de Shin-Osaka dura 2 horas e 21 minutos, mas no ano de inauguração o tempo estimado era de 4 horas e, posteriormente, caiu para 3 horas e 10 minutos. Antes do shinkansen, a duração média para esse percurso era de 6 horas e 30 minutos. Nesta rota, os trens chegam à velocidade máxima de 285 km/h, e em quase 60 anos de operação, nunca registraram um acidente com passageiros a bordo. A taxa de atrasos também impressiona: 0.2 minutos, incluindo aqueles causados por desastres naturais.

Shinkansen

Além de Tokaido Shinkansen, outras seis rotas integram as ilhas de Honshu, Kyushu e Hokkaido, entre elas Sanyo Shinkansen, Tohoku Shinkansen (que é integrada com Yamagata e Akita Shinkansen), Hokkaido Shinkansen, Joetsu Shinkansen, Hokuriku Shinkansen e Kyushu Shinkansen, operadas pela Japan Railways. Alguns trens podem chegar a 320 km/h.

Atenção na hora de comprar o bilhete de viagem e embarcar no trem

Cada uma dessas rotas conta com diferentes categorias de trens, que vão desde os mais rápidos e que param somente nas estações principais, até os mais lentos, que param em todas as estações ao longo do trajeto. Por isso, é preciso ter atenção na hora do embarque e também da compra, já que há circunstâncias em que o Japan Rail Pass não é aceito — caso do Nozomi, que é o trem mais rápido da linha Tokaido.

O processo de compra de passagens também requer atenção do viajante. Para viajar de trem-bala é preciso dois bilhetes, um com a tarifa básica — necessário para todas as viagens de trem — e um com a tarifa expressa, que corresponde às composições de alta velocidade. Há casos em que as duas modalidades estão integradas em uma única passagem, mas vale sempre verificar.

Compra de bilhete para o trem-bala

Os trens costumam ter pouco mais de 1.300 assentos, que são divididos em livres, reservados e verdes. No geral, a recomendação é optar por assentos reservados, como forma de garantir um lugar para sentar - especialmente quando se está em grupos, a viagem será em horário de pico ou em alta temporada.

Conforto e serviço de bordo durante a viagem

Um destaque é que, independentemente da escolha, os assentos costumam ser espaçosos e confortáveis, o que torna os trens uma ótima alternativa aos aviões. Muitas estações até lembram aeroportos, enquanto os trens contam com seu próprio serviço de bordo.

Interior de um trem-bala japonês

Para ter uma experiência completa, entretanto, vale chegar um pouco antes nas estações para visitar as lojas de ekiben, o famoso bentô (marmita) feito especialmente para as viagens de trem. Nas paradas principais é possível encontrar ekibens que usam alimentos regionais, como é o caso da Estação Sapporo, em Hokkaido, que destaca pratos feitos com frutos do mar frescos. Durante as viagens também é possível encontrar marmitas no serviço de bordo, mas a variedade é um pouco mais limitada.

Shinkansen

 

Leia também:

+ Obentô: Conhecida e Nutritiva Marmita Japonesa

+ Ekiben: A Marmita Vendida Em Estações de Trem do Japão

Voltar ao topo