ARTIGOS

A Fabricação dos Pincéis de Caligrafia Japonesa

O pincel, em japonês fude (筆), é um elemento imprescindível na arte da caligrafia japonesa, o Shodō. É por meio dele que o artista imprime os movimentos de seus gestos e corpo sob o papel, criando diversos efeitos. Para isso, é extremamente importante segurá-lo da forma correta.

+ Obras de Shodō estão à mostra na exposição DŌ: O caminho de Shoko Kanazawa. Saiba mais!

No período Edo (1603-1868), com a valorização e a popularização das artes, houve um aumento na demanda e na fabricação de pincéis Edo, chamados assim para referir-se a como Tóquio, capital do Japão, era chamada na época.

+ Assista à introdução ao Shodō, apresentada por Yasuko Kanazawa, mãe e mestre da artista Shoko Kanazawa.

O processo de fabricação deste tipo de pincel reúne diversas etapas: da minuciosa seleção de pelos animais para as cerdas, submetida ao calor e outras substâncias, até seu acabamento que resulta em um material de alta qualidade. Em 1990, a produção dos pincéis Edo recebeu o selo de certificação de Artesanato Tradicional de Tóquio - dado a itens artesanais que preservam os processos e materiais de fabricação tradicionais desenvolvidos na capital.

O Fudekōbō Kamei, fabricante dos pincéis Edo, oferece ao praticante de Shodō um pincel de excelência e mostra o notável cuidado envolvido no processo de fabricação em um vídeo feito especialmente para a Japan House São Paulo.

Assista:

Voltar ao topo