Nikujaga: Receita do Tradicional Cozido Japonês

Artigos

Nikujaga: Receita do Tradicional Cozido Japonês

Compartilhe

O nikujaga (肉じゃが), cozido japonês de carne com batatas, é uma refeição tipicamente consumida nos lares japoneses, por isso, é muito associado a uma memória afetiva. Por ser um prato quente e muito rico em sabor, ele é preparado principalmente no inverno. Seus ingredientes também são boas fontes de carboidrato e proteína.

Sua popularização é moderna e sua origem está atrelada ao almirante japonês Tōgō Heihachirō (1848-1934), que teria solicitado aos cozinheiros dos navios da marinha japonesa que criassem uma alternativa ao ensopado de carne inglês, a fim de fornecer uma refeição mais completa em nutrientes e calorias à tripulação. Esse momento, na Era Meiji (1868-1912), está também associado à inclusão da batata nas receitas da culinária tradicional japonesa, uma vez que esse tubérculo e suas variedades passaram a ser mais amplamente cultivados em regiões como em Hokkaido e, assim, tornaram-se mais acessíveis à população.

Apesar de ser preparado com alimentos que historicamente não fazem parte do cardápio básico japonês, o nikujaga tem grande notoriedade no ambiente doméstico e conta com diferentes versões dependendo da região do arquipélago: a carne bovina é geralmente utilizada nas receitas realizadas no oeste do Japão, enquanto a carne suína costuma ser mais apreciada na região leste.

Quer aprender a fazer? Você vai precisar de:

• 200 g de carne finamente fatiada (contrafilé ou alcatra);
• 1 cebola pequena;
• 1 cenoura pequena;
• 2 batatas;
• 200 g de shirataki (macarrão de amido de batata konnyaku);
• 50 g de ervilha-torta;
• 2 colheres de sopa de óleo vegetal;
• 500 ml de dashi , ou o necessário para cobrir a carne e os vegetais (veja a receita AQUI);
• 100 ml de mirin;
• 50 ml de saquê;
• 100 ml de shoyu claro.

MODO DE PREPARO

1. Corte as fatias de carne em tiras de 3 a 4 cm.
2. Fatie a cebola e descasque as batatas e a cenoura, cortando-as em cubos.
3. Escorra o shirataki e cozinhe por 1 minuto em água fervente. Depois, escorra e enxague bem.
4. Retire o fio das ervilhas-tortas e corte-as em tiras. Reserve.
5. Aqueça o óleo em uma panela e salteie a carne com a cebola até dourar ligeiramente.
6. Adicione o dashi, o mirin, o saquê e o shoyu. Coloque a batata, a cenoura e o shirataki e deixe cozinhar com a panela tampada em fogo baixo por cerca de 15 minutos, ou até os vegetais estarem macios.
7. Retire com cuidado a espuma que se formar na superfície.
8. Por último, adicione a ervilha-torta e deixe cozinhar por mais 1 minuto, provando o tempero e corrigindo - se necessário.

DICA: O nikujaga é um daqueles alimentos que fica mais saboroso se for deixado por algum tempo pegando gosto antes de servir ou, até mesmo, se for servido no dia seguinte.

Veja o vídeo ilustrativo:

 

Este conteúdo faz parte da série de posts relacionados a gastronomia criados para o #JHSPONLINE. Com consultoria de Kyoko Tsukamoto, proprietária do Café Sabor Mirai, e Telma Shiraishi, chef do Aizomê, toda semana receitas de origem japonesa serão publicadas. 

Voltar ao topo