Lounge exportivo

Exposições

Lounge Esportivo: Tokyo 2020

A JHSP apresenta um espaço para celebrar os principais destaques do maior evento esportivo do mundo, organizado este ano pelo Japão

Data

20.07.2021―12.09.2021

Terça a sexta-feira

das 10h às 17h

Sábados, domingos e feriados

das 9h às 18h

Custo

Entrada gratuita 

Compartilhe

‘Lounge Esportivo: Tokyo 2020’

 

Versão com AD:

 

A Japan House São Paulo apresenta, de 20 de julho a 12 de setembro de 2021, o ‘Lounge Esportivo: Tokyo 2020’: com uma série de atividades e conteúdo sobre os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, que têm início no dia 23 de julho em Tóquio, no Japão, o lounge traz elementos surpreendentes, novidades esportivas e informações sobre a organização das competições, incluindo as novas modalidades.

Por meio desta ativação, a JHSP pretende trazer a forte conexão Brasil-Japão aos fãs do esporte, se transformando em um ponto de encontro no Brasil de todas as partes envolvidas com o maior evento esportivo do mundo.

Mascotes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos

Instalado no térreo da instituição, os visitantes do Lounge são recebidos pelas mascotes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. A Miraitowa, representante dos atletas Olímpicos, traz no nome a junção das palavras japonesas Mirai e Towa, que significam futuro e eternidade. Já a Someity, representa os atletas Paralímpicos e é o resultado da fusão abreviada das palavras japonesas e inglesas - Someiyoshino, alusão à uma popular variedade de cerejeira do Japão e aos que possuem um incrível poder mental e força física, e so mighty, de ‘tão poderosa’, para representar os atletas paralímpicos, que superam obstáculos e redefinem os limites do que é possível.

Outro destaque apresentado é o pioneirismo japonês nos jogos de Tóquio de 1964, no desenvolvimento de símbolos e adoção do design como ferramenta de comunicação. Para apresentar esta inovação, o Lounge terá um espaço dedicado a eles, contando com um vídeo sobre os mais de 50 símbolos que representam cada esporte, expostos de forma lúdica para que o público possa interagir e conhecer cada um deles.

“Estamos muito animados com a programação especial que preparamos para promover a cultura, arquitetura e design sob a perspectiva esportiva, além de outros assuntos importantes na sociedade, como a valorização da diversidade, inclusão e sustentabilidade.” comenta Eric Klug, presidente da JHSP, que também se uniu ao Comitê Olímpico do Brasil (COB) e o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), para a realização de atividades que promovam a participação brasileira nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tokyo 2020.

Aquecimento JHSP

A parceria conta com a imersão na cultura japonesa para atletas e staff, por meio de vídeos, palestras e artigos para que eles recebam uma aclimatação cultural antes dos Jogos.

Novidades do evento

O 'Lounge Esportivo: Tokyo 2020' destaca ainda as principais novidades do evento, como as tão aguardadas estreias do surfe e do skate, além dos esportes indicados pelo país anfitrião, como o karatê, arte marcial que surgiu no século XV em Okinawa, que fará parte dos Jogos exclusivamente nesta edição, além do retorno do beisebol e softbol, por conta da imensa popularidade do esporte no Japão. Essas modalidades contam com um espaço dedicado, com projeções mapeadas e monitores de TV apresentando os principais movimentos, manobras e golpes, além de conteúdos e informações relevantes para que os visitantes possam conhecer suas histórias, regras e curiosidades.

Há também uma área destinada aos esportes paralímpicos, com a exposição de alguns equipamentos utilizados pelos atletas para a prática de modalidades como goalball e bocha, exclusivas dos Jogos Paralímpicos, além do rugby, basquete e tênis, disputados em cadeira de rodas.

Para completar, a instituição promoverá o projeto 'Criadores', que explora uma riqueza de possibilidades trazendo rico conteúdo sobre temas como tecnologia, criatividade, arquitetura, ciência, esportes, entre outros, vindos diretamente do Japão, com especialistas destas áreas como Kengo Kuma, arquiteto japonês responsável pelo projeto arquitetônico da Japan House São Paulo e também pelo Estádio Olímpico Nacional de Tokyo 2020; Kota Iguchi, motion designer japonês e um dos responsáveis por criar os movimentos animados dos pictogramas; além de professores, pesquisadores, atletas da área da ciência, entre outros. O projeto pode ser visto na Sala de Seminários, localizada no 2º andar, e pelas redes sociais da instituição.

+ Saiba mais sobre o o projeto 'Criadores' e confira a programação das lives com os especialistas japoneses

Lounge Esportivo: Tokyo 2020
Itens de Acessibilidade Comunicacional

O 'Lounge Esportivo: Tokyo 2020' possui itens acessíveis para tornar a visitação possível, positiva e agradável para mais pessoas.
Confira abaixo ou acesse o PDF.

Bancada JHSP Acessível:

  • Texto informativo em dupla leitura (Braille e fonte ampliada) com Código QR para acesso ao WebApp sobre o Lounge Esportivo, Emblemas, Pictogramas e Objetos Táteis, no formato acessível (Videolibras com legendas em Português e Audiodescrição) e Textos em Português, Inglês e Espanhol.
  • Mapa Tátil com legendas em dupla leitura (Braille e fonte ampliada) e imagens em alto relevo.
  • Objetos Táteis: A Mascote Olímpica (Miraitowa) e a Mascote Paralímpica (Someity), representando os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tokyo 2020.

 

‘Lounge Esportivo: Tokyo 2020’:

  • Emblemas de Tokyo 2020: Código QR para acesso ao WebApp com Videolibras e Audiodescrição, incluindo os Emblemas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tokyo 2020 em relevo tátil.
  • Painel Mascotes: Código QR para acesso ao WebApp de Videolibras.
  • Espaço Pictogramas: Código QR para acesso ao WebApp de Videolibras.
  • Espaços interativos: Código QR para acesso ao WebApp de Videolibras e Audiodescrição incluindo 5 (cinco) Pictogramas em relevo tátil dos esportes selecionados (Skate, Surfe, Karatê, Beisebol e Softbol).
  • Espaço Paralímpico: Código QR para acesso ao WebApp de Videolibras e Audiodescrição, incluindo 6 (seis) Pictogramas em relevo tátil de esportes paralímpicos (Basquete em Cadeira de Rodas, Tênis em Cadeira de Rodas, Bocha e Rugby em Cadeira de Rodas), Goalball e Futebol de Cinco, incluindo uma bola de Futebol de Cinco para exploração tátil.

 

Nos espaços acessíveis aos visitantes com deficiência visual existe também sinalização podotátil indicando as bancadas com objetos táteis e informações acessadas por código QR.

Todos os ambientes do 'Lounge Esportivo: Tokyo 2020' possuem mobiliário com Desenho Universal, adaptado para pessoas em cadeira de rodas ou mobilidade reduzida, altura compatível para alcance visual de textos, etiquetas, vídeos e objetos, como também, altura compatível para alcance manual de Códigos QR em relevo tátil, etiquetas em dupla leitura (Braille e fonte ampliada), Emblemas, Pictogramas e Objetos Táteis, segundo as normas de acessibilidade definidas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

--

Serviço:

Lounge Esportivo: Tokyo 2020
Quando:
20 de julho a 12 de setembro de 2021*
Onde: Japan House São Paulo, térreo
Custo: entrada Gratuita
Reserva: agendamento online antecipado (opcional)
O 'Lounge Esportivo: Tokyo 2020' conta com recursos de acessibilidade.

Japan House São Paulo
Endereço:
 Avenida Paulista, 52 – Bela Vista, São Paulo
Horário de funcionamento: 
Terça a sexta-feira, das 10h às 17h*
Sábados, domingos e feriados, das 9h às 18h*

*As datas e os horários de visitação podem ser alterados de acordo com as determinações do Plano São Paulo.

--

Informações relacionadas ao 'Lounge Esportivo: Tokyo 2020':

+ A sede da Japan House São Paulo foi projetada pelo consagrado arquiteto japonês Kengo Kuma, profissional que também elaborou a criação do Estádio Olímpico Nacional de Tokyo 2020.

Os Jogos Tokyo 2020 têm a participação de mulheres nas 33 modalidades, e alcança feito inédito na história do evento: 49% dos atletas olímpicos são mulheres, enquanto 40,5% dos atletas paraolímpicos são do gênero feminino. É a edição mais equilibrada de todos os tempos na questão de gênero.
Leia mais!

A JHSP serviu de cenário para a realização do ensaio dos uniformes do CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro) e para a live de divulgação das roupas que foram desenvolvidas pela própria equipe de design do CPB, tendo a acessibilidade como princípio e levando em conta as deficiências de cada atleta que irá representar o Brasil na briga por medalhas no Japão.
Leia mais!

Todas as medalhas dos jogos foram produzidas com materiais recicláveis extraídos de aparelhos eletrônicos usados — como notebooks, câmeras digitais e videogames. Os itens foram doados pela população e reunidos pelas organizações regionais. As reginais a criação é do designer japonês Junichi Kawanishi.
Leia mais!

O Karatê, que está entre as novas modalidades dos Jogos Olímpicos de Tóquio, é uma arte marcial que surgiu no Japão no início do século 20, mais precisamente na ilha de Okinawa (sul do país). A palavra japonesa que significa “mãos vazias”, que mais do que derrotar o oponente, valoriza a busca pelo equilíbrio corporal e espiritual – daí a grande importância do kata, rotina de golpes coreografados que rola à parte das disputas corpo a corpo.
Leia mais!

Confira também:

+ A História do Japão nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos

+ A Tecnologia e Sustentabilidade do Uniforme Olímpico Japonês

+ Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio: a Competição mais Tecnológica da História

Sobre a série 'Aquecimento JHSP: 30 dias para #Tokyo2020':

+ Aquecimento JHSP | Cumprimentos e Saudações Japonesas

+ Aquecimento JHSP | Particularidades Sobre o Japão

+ Aquecimento JHSP | Mascotes

+ Aquecimento JHSP | Limpeza

+ Aquecimento JHSP | Pontualidade

+ Aquecimento JHSP | A Cultura do Presentear

+ Aquecimento JHSP | Reverência

+ Aquecimento JHSP | Imigração Japonesa

+ Aquecimento JHSP | Contribuições japonesas

Sobre a série Especial Tóquio – a 100 dias dos Jogos de Tokyo 2020:

+ Episódio 1: 'O Legado de 1964'

+ Episódio 2: 'Entre o Antigo e o Moderno'

+ Episódio 3: 'Metrópole em Expansão'

Voltar ao topo